Paris recebe 1.º Convívio do Concelho de Aguiar da Beira em França

Encontro de emigrantes do concelho de Aguiar da Beira no país gaulês vai realizar-se no próximo dia 21 de outubro, com o objetivo de “acentuar a proximidade aos emigrantes” e “promover o território” do município. São esperadas mais de 250 pessoas.

A Associação de Trabalhadores Portugueses de Pierrefitte-sur-Seine, em Saint-Denis (Paris), região onde existe uma forte presença da comunidade emigrante aguiarense, vai receber o 1.º Convívio do Concelho de Aguiar da Beira em França.

“Esperamos um momento histórico e emocionante, à semelhança do que aconteceu no mês passado em Aigle, no 1.º Convívio do Concelho de Aguiar da Beira na Suíça. Estão inscritas 250 pessoas”, confirmou Altino Pinto, coordenador do CLDS 3G Aguiar no Coração.

A festa inicia com a receção aos participantes (10h), continua com a promoção do concelho e exposição de empresas, serviços e produtos (11h), seguindo-se o almoço (13h) e a sensibilização “Embaixadores de Aguiar da Beira”. Haverá ainda música ao vivo (16h) e uma degustação de produtos oriundos de Aguiar da Beira.

Este encontro, promovido pelo CLDS 3G Aguiar no Coração, tem o objetivo de “acentuar a proximidade aos nossos emigrantes, de evidenciar a sua importância para o desenvolvimento do concelho, de reforçar a identidade aguiarense e de promover o nosso território e os nossos produtos, serviços e recursos além fronteiras”Tem também a intenção de “promover o contacto entre empresários do concelho de Aguiar da Beira e empresários oriundos desta região radicados em França, com o objetivo de estreitar laços e estabelecer parcerias comerciais com a comunidade emigrante, podendo no futuro originar algumas oportunidades de negócio e de intercâmbio”Nesse sentido, “o evento apresenta um espaço de promoção e exposição de empresas, serviços e produtos do concelho e uma ação de sensibilização ‘Embaixadores de Aguiar da Beira’, com a distribuição de um cartão de embaixador, incentivando cada aguiarense a promover e a continuar a contribuir para o desenvolvimento do seu território”, refere a organização.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *