Concelho,  País,  Região

Programa Aldeia dos Sonhos ajuda a realizar os sonhos de localidades com menos de 100 pessoas

A aldeia de Penhaforte — concelho de Pinhel e distrito de Guarda — foi escolhida como a “Aldeia dos Sonhos” pela Fundação INATEL. A nomeação faz parte de um projeto que pretende realizar os sonhos de localidades com menos de 100 pessoas. A aldeia de Penhaforte vai de férias para conhecer o Porto, o Rio Douro e Guimarães.

Nos próximos dias 27 e 28 de abril, Penhaforte parte para um fim-de-semana de sonho em Guimarães e na cidade do Porto. Entre outras visitas culturais e gastronómicas, os habitantes da pequena aldeia do distrito da Guarda, expressaram o desejo de visitar a Torre dos Clérigos e o Sea Life Porto, bem como terem a oportunidade de desfrutar de um cruzeiro no Rio Douro (Gaia/Régua) e ainda uma visita a uma quinta vinhateira, com possibilidade de prova de vinhos. Em Guimarães, o sonho será uma visita ao Centro Histórico da cidade, Património Mundial em Portugal.

O projeto “Aldeia dos Sonhos” promovido desde 2014 pela INATEL, destina-se a todas as aldeias portuguesas com cem ou menos habitantes permanentes, permitindo a concretização de sonhos de natureza turística, cultural e desportiva das comunidades mais isoladas do país.

Através deste programa, pretende-se mitigar os efeitos do isolamento social ou geográfico que, habitualmente, afeta os habitantes destas localidades. Por um lado, proporcionando-lhes oportunidades para o usufruto de iniciativas turísticas e culturais de que, por motivos vários, se veem privados; e, por outro lado, procurando a existência de condições para que as localidades em apreço se constituam como destinos de roteiros turísticos e culturais de outras pessoas.

A execução do programa considera ainda outros fatores como contributos válidos no contexto do desenvolvimento pessoal e social dos beneficiários:proporcionar momentos de lazer, de partilha e de convívio entre os beneficiários; fomentar a autonomia, a iniciativa e a criatividade dos beneficiários, apelando e convidando à participação ativa em atividades turísticas, culturais e desportivas; dar a conhecer locais de importância histórica e cultural, com a sensibilização de públicos para a desejada salvaguarda desse património; aumentar o destaque e a notoriedade cultural e turística da aldeia ou lugar que se candidata, procurando claras vantagens para os seus habitantes, nomeadamente com a inclusão da localidade vencedora nas rotas turísticas da Fundação INATEL; promover um sentimento de cooperação e de sentido de justiça, reciprocidade e solidariedade, numa lógica humanista; proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais dos beneficiários, promovendo o seu sentido crítico e de responsabilidade.

O programa completo está aqui.

Edições “Aldeia dos Sonhos” promovidas desde 2014 pela Fundação INATEL

Aldeia dos Sonhos | 2014: Ouguela (concelho de Campo Maior, distrito de Portalegre)
60 habitantes tiveram a oportunidade para desfrutar de um programa turístico e cultural em Lisboa.

Aldeia dos Sonhos | 2015: São Miguel do Pinheiro, no concelho de Mértola, no distrito de Beja
70 habitantes realizaram uma visita turística e cultural de dois dias à região do Minho e cidade do Porto.

Aldeia dos Sonhos | 2016: Rio de Onor, no concelho e distrito de Bragança.
50 habitantes tiveram a oportunidade para realizar um programa turístico e cultural na cidade de Lisboa.

Aldeia dos Sonhos | 2017: Rio de Mel, no concelho de Oliveira do Hospital e distrito de Coimbra.
40 habitantes beneficiaram de um programa turístico e cultural na cidade de Lisboa.

Aldeia dos Sonhos | 2018: Penhaforte, no concelho de Pinhel e distrito de Guarda.
40 habitantes vão realizar um cruzeiro no rio Douro e de um programa turístico e cultural nas cidades Guimarães e Porto.

As candidaturas para a Aldeia dos Sonhos 2019 estão abertas até 30 de junho. Pode aceder aqui ao formulário de candidatura.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *