Jornal Caruspinus comemora hoje 40 anos

O Caruspinus — o jornal de Carapito — comemora nesta segunda-feira, 15 de abril, mais um aniversário da edição do seu primeiro número. Este ano é o 40.º.

A história do jornal Caruspinus teve início no ano de 1979, pela mão de um grupo de jovens carapitenses. Com a imigração já a ter grande destaque na aldeia, principalmente para França e alguma para a Suíça, surgiu a ideia de criar uma forma de contacto entre os residentes e os emigrantes para que todos se pudessem sentir ligados a Carapito.

O primeiro número, não oficial, fotocopiado em Lisboa, foi lançado em 15 de abril de 1979 e distribuído à saída da missa de domingo, em Carapito.

O primeiro número, após a legalização do jornal, saiu a 1 de março de 1980.

Ao longo das décadas de 80 e 90 foram muitas as histórias e as pessoas que por lá passaram, pela mão de inúmeros colaboradores. O jornal passou a ser impresso em tipografia, teve páginas a cores e chegou a ter uma tiragem de 500 exemplares. Foram os seus anos de ouro.

Entre 1979 e 1991 realizaram-se pelo menos 13 Encontros Caruspinus, em Lisboa, onde os carapitenses residentes em Carapito e aqueles que residiam na capital se reuniam e conviviam entre si. Foram momentos de grande confraternização que ficaram na memória de todos quantos neles participaram e que nós podemos relembrar somente através das belíssimas fotografias, quase todas da autoria do principal repórter do Caruspinus, Afonso Paixão Tenreiro, que infelizmente nos deixou no ano do 40.º aniversário do jornal que ele ajudou a construir.

III Encontro Caruspinus em Lisboa, 1981. APT

 

V Encontro Caruspinus em Lisboa, 1983. APT

A edição número 100 foi alcançada em setembro de 1993 e a número 200 em maio de 2015.

Em 2013, o jornal passou a ter também presença online, em www.caruspinus.pt, onde divulga notícias e reportagens, não só sobre Carapito, mas também sobre o concelho, a região e o país, sempre que elas digam respeito aos carapitenses ou sejam de interesse local. Com a criação do website o jornal passou a ter também uma edição electrónica, estando disponíveis todas as edições.

Ao longo deste ano vamos ter algumas novidades, que a seu tempo daremos a conhecer.

Para além de um jornal local o Caruspinus é também uma enciclopédia que regista e divulga o dia a dia de um povo beirão, o povo de Carapito.

Parabéns ao Caruspinus. Parabéns a Carapito. Parabéns aos carapitenses.

Festa do Clube, 1990. APT

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *