Concelho

Capela de Nossa Senhora de Fátima em Coruche ganhou novo fulgor em ano de centenário das aparições

Associação Aquilaris promoveu colóquio de valorização da capela.

A capela de Nossa Senhora de Fátima em Coruche foi, no passado domingo, 22 de outubro, tema de um colóquio organizado pela associação Aquilaris que teve como principais objetivos a valorização e a promoção deste pequeno santuário Mariano no nosso concelho.

Num domingo soalheiro, o adro da capela recebeu dezenas de interessados na temática em discussão, tendo estes tido a oportunidade de ficar a conhecer um pouco mais acerca desta capela, que tanta importância tem para o culto a Nossa Senhora de Fátima.

A abertura do evento contou com as participações da senhora Vice-Presidente da Câmara Municipal de Aguiar da Beira, Rita Mendes e do senhor Padre Jorge, pároco local, que fizeram a introdução ao tema que a seguir foi discutido por um painel que contou com três oradores.

Ricardo Guerra, sócio fundador da Aquilaris, percorreu no tempo as várias etapas do culto a Nossa Senhora de Fátima, dando especial destaque ao caso particular da capela de Coruche, a primeira a ser construída em Portugal Continental, após a construção da capelinha das aparições, em Fátima. Por fim, apresentou ainda uma proposta para a classificação da capela, destacando a importância da Junta de Freguesia e do Município para lhe darem seguimento.

Fátima Eusébio, coordenadora do Departamento de Bens Culturais da Diocese de Viseu, apresentou uma abordagem sobre a devoção de Nossa Senhora de Fátima na Diocese de Viseu, destacando também a importância central que a capela de Coruche tem para esta devoção.

O painel de oradores terminou com a intervenção do Padre Vítor Coutinho, Vice-Reitor do Santuário de Fátima e Coordenador Geral do Centenário das Aparições, que, mais uma vez, destacou a importância da capela no culto a Nossa Senhora de Fátima, enaltecendo ainda a o momento oportuno em que a ação foi realizada.

Após as intervenções públicas seguiu-se o descerramento de uma placa comemorativa junto da capela, contendo informação nas línguas Portuguesa, Inglesa e Francesa, ficando como um marco de um evento que pretendeu não só valorizar a capela, mas tentou ainda incluí-la no roteiro do turismo religioso da diocese e do concelho.

A ação terminou com a interpretação de alguns hinos Marianos, interpretados pelo coro da freguesia.

Pode ver um vídeo-resumo do evento aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *