Ártemis I: primeiro teste para o regresso dos humanos à Lua começa hoje às 13h33

Missão não-tripulada em direção à órbita da Lua estava agendada para esta segunda-feira mas foi cancelada devido a um problema num dos quatro motores.

Sistema de Lançamento Espacial da e nave Orion da NASA no Complexo de Lançamento 39B do Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida. ©NASA/Ben Smegelsky

Entre 1961 e 1972 a NASA desenvolveu o Programa Apollo, que teve como ponto alto o pouso da Apollo 11 na Lua e, consequentemente, do primeiro humano na sua superfície, Neil Armstrong, em 20 de Julho de 1969. Depois dele, apenas mais 11 pessoas pisaram o solo lunar, a última em 11 de Dezembro de 1972.

Em 2017 a NASA deu início a um novo programa, a que chamou Ártemis, por ser o nome da irmã gémea de Apollo na mitologia Grega, com o objetivo de voltar a levar humanos até à Lua e de estabelecer as fundações para uma base permanente e para a primeira viagem a Marte. De acordo com a NASA, “vamos à Lua para fazer investigação científica, criar oportunidades económicas e inspirar uma nova geração de exploradores“.

O Programa Ártemis tem, para já, seis missões planeadas, entre 2022 e 2028, com o primeiro pouso de um homem e uma mulher na Lua em 2025, na missão Ártemis III.

O primeiro teste, com a missão Ártemis I, estava planeado para esta segunda-feira, 29 de Agosto, mas, devido a um problema num dos quatro motores, acabou por ser cancelada. A próxima tentativa acontece no dia 3 de Setembro às 19h17 (hora de Lisboa).

Esta será uma missão não-tripulada e que apenas irá viajar em órbita da Lua. No lugar dos astronautas irão três manequins cheios de sensores que irão medir uma série de efeitos para que os astronautas se possam preparar melhor.

A viagem até à Lua demora cerca de 4 dias e a duração total da missão será de 42 dias.

Pode assistir ao lançamento em direto no link seguinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.