Vários incêndios na região neste início de outubro. 30 concelhos em alerta máximo por causa do calor

Incêndio em Fornos de Algodres mobilizou mais de 100 operacionais

Um incêndio de grandes proporções atingiu a zona de Matança, em Fornos de Algodres, na tarde da última segunda-feira. O fogo terá deflagrado por volta das 15h43 e o seu combate mobilizou mais de uma centena de operacionais e 38 viaturas, além de cinco meios aéreos, de acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, em informação à agência Lusa.

Apesar da gravidade, as chamas não ameaçaram habitações e, com os esforços de combate, por volta das 19h25 o incêndio encontrava-se em fase de conclusão.

Incêndio em Aldeia Nova mobilizou cerca de 170 bombeiros

Em Aldeia Nova Trancoso, cerca de 170 bombeiros apoiados por 49 viaturas combateram um incêndio com três frentes ativas, que deflagrou na noite de segunda-feira e que causou dois feridos, disse fonte do CDOS da Guarda.

O alerta foi dado às 21h33, não tendo havido, no entanto habitações em risco, mas registando-se ferimentos em dois bombeiros, um com um trauma no membro inferior direito e outro também com um trauma, no membro inferior esquerdo. Um dos feridos pertence aos bombeiros da Guarda e o outro à Força Especial de Bombeiros, explicou o CDOS da Guarda.

O incêndio foi dominado pouco depois das 10h45 desta terça-feira, indicou a Proteção Civil.

Cerca de 30 concelhos em nove distritos do continente em risco máximo de incêndio nesta quinta-feira

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) os distritos de Viana do Castelo, Guarda, Aveiro, Coimbra, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro encontram-se em alerta máximo de incêndio. O IPMA colocou ainda vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental em risco muito elevado e elevado de incêndio.

O concelho de Aguiar da Beira encontra-se esta quinta-feira em risco elevado de incêndio, risco esse que irá alterar-se para muito elevado a partir desta sexta-feira e até pelo menos segunda-feira.

No domingo, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) decidiu, devido à continuação do tempo quente e seco até final da semana, elevar o estado de alerta especial laranja para os distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Bragança, Braga, Porto, Guarda e Viseu. O resto do país encontra-se no estado de alerta especial amarelo.

O Governo decidiu prolongar até 15 de outubro o período crítico de incêndios no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios devido às circunstâncias meteorológicas expectáveis para a primeira quinzena de outubro.

IPMA

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *