Notícias,  País

Ranking dos Municípios: quais são os que têm as marcas mais fortes em 2021?

Município de Aguiar da Beira ocupa a 271.ª posição a nível nacional (subindo 13 lugares) e a 90.ª na Região Centro (subindo 5 lugares).

Bloom Consulting divulgou esta terça-feira a 7.ª edição do seu estudo anual que mede como os municípios são vistos e classifica o desempenho da sua marca. Lisboa, Porto e Cascais continuam a liderar o ranking nacional que analisa os negócios, o turismo e as condições de vida nos 308 municípios portugueses. Nos últimos lugares da tabela surgem, principalmente, municípios da Região Autónoma dos Açores.

Top 10 nacional. Bloom Consulting

Na Região Centro, as cidades de Coimbra, Aveiro e Leiria continuam a ocupar os três primeiros lugares da tabela, com Viseu a surgir logo na 4.ª posição (15.ª a nível nacional) e a Guarda a ocupar a 9.ª posição (45.ª a nível nacional).

Top 10 da Região Centro. Bloom Consulting

No fim da tabela da Região Centro encontram-se, principalmente, municípios dos distritos de Leiria, Viseu e Santarém.

Últimos 10 da Região Centro. Bloom Consulting

Desempenho do Município de Aguiar da Beira no Ranking

O Município de Aguiar da Beira ocupa este ano a 271.ª posição a nível nacional, saindo novamente dos últimos 25 lugares da tabela nacional. Na lista da Região Centro, o Município de Aguiar da Beira subiu 5 lugares, para a 90.ª posição. Segundo a Bloom Consulting os tópicos mais procurados em motor de busca, no mundo inteiro, sobre Aguiar da Beira, foram: Marcos Urbanos (38%), Restaurantes (11%), Hotéis (6%), Qualidade de Vida (6%), Parques de Diversão (6%) e Empregos (4%).

Na tabela seguinte podemos ver a evolução da posição do Município de Aguiar da Beira no ranking nacional, nos três parâmetros avaliados, ao longo das sete edições.

No gráfico seguinte vemos a evolução da posição do Município de Aguiar da Beira no ranking geral durante o mesmo período de tempo.

Na tabela seguinte podemos ver a evolução da posição do Município de Aguiar da Beira no ranking regional, nos três parâmetros avaliados, ao longo das sete edições.

No gráfico seguinte vemos a evolução da posição do Município de Aguiar da Beira no ranking regional durante o mesmo período de tempo.

Os dados do ranking nacional permitem ainda concluir que, depois de ter estado na 242.ª posição em 2014 e na 259.ª em 2015, o Município tem ocupado, em média, a 275.ª posição desde 2016. A partir dos dados do ranking regional, vemos que, após ter ocupado a 82.ª posição em 2014, o Município tem ocupado, em média, a 91.ª posição desde 2015.

Relativamente aos três parâmetros analisados, podemos ainda verificar que, tanto no ranking nacional como no ranking regional, o Município de Aguiar da Beira apresenta, em 2021, o melhor resultado na categoria Negócios (subindo 41 posições no ranking nacional e 12 posições no ranking regional) e o pior na categoria Visitar (descendo 16 posições no ranking nacional e 9 posições no ranking regional).

Olhando para os dados em que o Município apresenta melhor e pior desempenho, respectivamente, vemos que, na categoria Negócios, apresenta uma nota de 5,18 em 7 no Rácio empresas/habitante e uma nota de 1,98 em 7 no Nr. de empresas. Na categoria Visitar, apresenta uma nota de 1,48 em 7 no Nr. de dormidas e uma nota de 0,76 em 7 no Rácio dormidas/habitante. Na categoria Viver, apresenta uma nota de 5,74 em 7 na Taxa de Criminalidade e uma nota de 1,60 em 7 na População.

Relativamente ao desemprenho online do Município, este obteve uma nota de 0,93 em 7 no Desempenho do Website e 1,02 em 7 no desempenho das Redes Sociais.

O Ranking

Desde 2014 que a Bloom Consulting lança anualmente o Portugal City Brand Ranking (excepto em 2020, devido ao impacto da pandemia nas Marcas Municipais.) recorrendo a um algoritmo proprietário que não tem em conta qualquer variável qualitativa ou de opinião, focando-se exclusivamente nos dados brutos e fidedignos que classificam o desempenho das marcas dos 308 municípios portugueses.

Este algoritmo é composto por três variáveis base. Na primeira variável são analisados todos os dados estatísticos que medem o desempenho nas vertentes económica, social e turística, sendo considerados dados de todas as fontes oficiais ao longo dos últimos anos. Para tal foram analisados e contrastados diversos dados estatísticos relevantes (económicos, turísticos e sociais) provenientes de fontes de informação oficiais dos portais INE e Pordata. A segunda variável consiste na análise de todas as pesquisas online realizadas nos principais motores de busca, ajudando a entender a procura proactiva existente por todos os municípios portugueses. Por fim, a terceira variável consiste na performance dos canais de comunicação dos municípios, nomeadamente nos seus sites oficiais e páginas em redes sociais.

Em Negócios (Investimento), foi considerada a percentagem de novas empresas sobre o total de empresas. Em Visitar (Turismo), foi tida em conta a taxa de ocupação hoteleira. Em Viver (Talento), foram consideradas, não só as taxas de desemprego e de criminalidade, mas também, o poder de compra de cada munícipe, relativamente à média nacional.

O Portugal City Brand Ranking mede a performance e o impacto da marca de cada município com dados puramente quantitativos, por exemplo, a categoria de Talento (Viver) não avalia o melhor sítio para viver em Portugal, uma vez que este é um tema que varia consoante a percepção, ambição e prioridades de cada cidadão (rural vs urbano, interior vs litoral, etc.). O mesmo se aplica às dimensões de Investimento e Exportações (Negócios) e de Turismo (Visitar). Melhores posições no ranking são por norma reveladoras de melhor estratégia de promoção e estruturação, de mais visibilidade, mais procura proactiva, melhores plataformas online e redes sociais e melhores indicadores estatísticos nas várias categorias. Em resumo, uma marca mais forte“, de acordo com a Bloom Consulting.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *