Obras na Nacional 229 só estarão prontas em 2023

Diário de Viseu

As obras prometidas para a Estrada Nacional (EN) 229 entre Viseu e Sátão, não vão estar prontas antes de 2023. Esta é uma das conclusões da reunião entre os autarcas dos dois concelhos e o presidente da Infraestruturas de Portugal.

Segundo o presidente da Câmara de Sátão, Paulo Santos, ainda não há acordo entre os municípios e a empresa pública quanto à parte que as autarquias viseense e satense vão pagar pela intervenção. O autarca disse que o Estado quer que as autarquias contribuam com 1,8 milhões de euros, mais 600 mil euros do que os 1,2 milhões que Viseu e Sátão propuseram.

Ainda não chegamos a acordo em relação ao diferencial. Ainda estamos em negociações. No entanto, é bom que os utilizadores da EN 229 se convençam de que uma intervenção desta natureza nunca será para 2021 ou 2022. Teremos de assinar protocolo e, depois, levará o tempo normal, com vistos do Tribunal de Contas e do Ministério do Ambiente e tudo isso”, assume o responsável.

Paulo Santos disse ainda não ter vindo totalmente satisfeito de Lisboa, considerando, no entanto, que a reunião com as Infraestruturas de Portugal foi útil e produtiva e revela que os projectos de intervenção para a Estrada Nacional 229 vão ser conhecidos nas próximas semanas.

Conseguimos ter conhecimento e a promessa de que, no prazo de duas semanas, teremos dois projectos definitivos nas ligações Mundão–IP5 e Mundão–Sátão. Pelo que temos conhecimentos, vão-nos ser enviados. Se iremos torná-los públicos, será um assunto que abordaremos entre Sátão, Viseu e Infraestruturas, mas não são segredo nenhum para ninguém, porque se trata de um concurso público”, revela o presidente da Câmara de Sátão.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *