Liga Portuguesa Contra o Cancro apela aos portugueses para colaborarem como voluntários no peditório nacional

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) vai voltar para a rua com o Peditório Nacional, principal fonte de financiamento da Instituição e importante elo na sua relação com a comunidade. A LPCC apela à inscrição de voluntários que deem um pouco do seu tempo para apoiar a realização desta iniciativa.

A campanha de recrutamento conta, uma vez mais, com a participação de Cristiano Ronaldo como embaixador da iniciativa e é desenvolvida sobre o mote: ‘Faça parte desta equipa‘.

O peditório nacional, que decorre entre os dias 28 de Outubro e 1 de Novembro, “é o garante da sustentabilidade financeira das atividades que esta Instituição promove no âmbito dos seus 4 eixos de missão: o apoio ao doente oncológico e cuidadores, a promoção da saúde, a prevenção do cancro e o estímulo à formação e investigação em oncologia“, referiu a LPCC em comunicado.

A participação como voluntário no Peditório Nacional pode ser feita mediante a disponibilidade de cada um, na localidade onde lhe for mais prático, podendo ocorrer durante os cinco dias ou apenas num período de algumas horas. O voluntário pode participar nesta iniciativa sozinho, em família ou com amigos ou colegas de trabalho.

As candidaturas devem ser realizadas através do site da Liga Portuguesa Contra o Cancro (em www.ligacontracancro.pt/peditorio) e os interessados serão contactados pelo respetivo Núcleo Regional da LPCC, que lhe prestará todas as informações e orientação.

Ao Núcleo Regional do Centro da LPCC, recorde-se, foi atribuído em 2021, pela Confederação Portuguesa de Voluntariado, o nível de Excelência do Selo de Qualidade em Gestão de Voluntariado Join4Change®, como reconhecimento pela qualidade na organização e gestão do seu voluntariado e o impacto deste na comunidade e nos doentes oncológicos.

Sobre a Liga Portuguesa Contra o Cancro

As doenças oncológicas continuam a registar uma alta incidência no nosso País (mais de 60.000 novos diagnósticos a cada ano), sendo uma das principais causas de morbilidade, incapacidade e mortalidade, com profundo impacto nos doentes, nas famílias e na sociedade.  A Liga Portuguesa Contra o Cancro, fundada em 1941, tem registado uma atividade constante, assinalável e próxima no apoio ao doente oncológico e cuidadores, na prevenção primária e secundária da doença oncológica e no apoio à formação e à investigação em cancro. Não recebendo subsídios ou subvenções estatais para o desenvolvimento das suas atividades, são os fundos provenientes do Peditório anual o garante da sustentabilidade financeira das atividades que desenvolve, nomeadamente as de apoio ao doente e cuidadores.

A LPCC em números (2021)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.