Guia Boa Cama Boa Mesa distinguiu seis hotéis e três restaurantes do Centro de Portugal

Um quinto das unidades hoteleiras premiadas são do Centro de Portugal, o que evidencia a grande qualidade da oferta da região.

TCP

A qualidade da oferta do Centro de Portugal nas áreas da hotelaria e restauração continua a ser distinguida e a colecionar galardões. Os prémios atribuídos pela edição 2018 do “Guia Boa Cama Boa Mesa” confirmam a região como uma região de turismo de excelência, com a atribuição de quatro Chaves de Ouro, duas Chaves de Prata, dois Garfos de Ouro e um Garfo de Prata.

Para a equipa do guia do jornal “Expresso”, que divulgou ontem a lista dos escolhidos, seis dos 31 melhores hotéis do país (cerca de um quinto do total) estão localizados na região Centro de Portugal. Destes, quatro receberam a Chave de Ouro – Areias do Seixo Charm Hotel (Mexilhoeira, Torres Vedras), Casas do Côro (Marialva, Mêda), H2otel Congress & Medical Spa (Unhais da Serra, Covilhã) e Rio do Prado (Arelho, Óbidos) – e dois foram agraciados com a Chave de Prata: o Luz Charming Houses (Fátima, Ourém) e o Sapientia Boutique Hotel (Coimbra).

Com Garfo de Ouro, o “Boa Cama Boa Mesa” premiou dois restaurantes do Centro de Portugal: o Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu) e o Rei dos Leitões (Mealhada). O Vallécula, em Valhelhas, Guarda, foi distinguido com um Garfo de Prata.

O Turismo Centro de Portugal congratula-se pelo contributo inestimável dos empresários da região, os premiados e não só, no trajeto de diferenciação e de qualidade ímpar que já se impõe como uma marca desta região.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, sublinha que a atribuição de mais estes prémios realçam a qualidade crescente da oferta na região. “Estes prémios atribuídos pelo ‘Guia Boa Cama Boa Mesa’ mostram, mais uma vez, o excelente trabalho realizado no Centro de Portugal pelos empresários da hotelaria e restauração. Alcançar níveis elevados de qualidade e excelência é um esforço permanente de quem está por detrás dos hotéis e dos restaurantes e, felizmente, os resultados estão à vista. Quem visita esta região já sabe, à partida, que, além de um território fantástico para conhecer, tem à sua espera espaços de descanso e gastronómicos ao nível do melhor que se faz internacionalmente”, enalteceu.

Os prémios “Boa Cama Boa Mesa” são dos mais prestigiados no setor da restauração e hotelaria em Portugal, reconhecendo, desde 2013, unidades que se destacam em Portugal. Este ano, o leque de agraciados foi alargado, sendo pela primeira vez atribuídos Chaves e Garfos de Prata.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *