Região

Fraude com venda de rifas usa o nome da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu (ESTGV) denunciou nesta segunda-feira, 26, uma burla com venda de rifas que usa abusivamente o nome da escola superior.

Segundo a “rifa solidária”, o objectivo seria ajudar uma menina a comprar uma cadeira de rodas mais rígida e leve com ajustes de crescimento, tendo como prémios uma Smart TV LG Led 24” e um Cabaz Beirão. 

As rifas têm estado a ser vendidas por uma suposta aluna do curso de Turismo, estando a campanha a usar, de forma ilícita, o nome do estabelecimento de ensino superior e também do Hospital de S. Teotónio.

O caso foi tornado público pela Directora do curso de Turismo da ESTGV, Cristina Barroco, que disse já terem sido vendidas rifas em Tábua, em Mangualde, em Mortágua, em Viseu e em Seia.

A Directora ficou também surpreendida com o facto de algumas das rifas terem como data do sorteio o dia 1 de Julho outras o dia 31 de Agosto, o que indica que há, aparentemente, uma data diferente por cada localidade.

O Instituto Politécnico de Viseu já disse que vai encaminhar o caso para as autoridades, tendo ficado também bastante preocupada com o facto de algumas das rifas terem um número próximo de 500.

O custo de cada rifa é de 2,5€.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *