Candidatura da CIM Viseu Dão Lafões para implementação de novas técnicas de prevenção de incêndios aprovada pela Comissão Europeia

Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões viu ser aprovada candidatura de 2,4 milhões de euros para implementação de novos métodos a serem usados na prevenção de incêndios florestais na região.

A Comissão Europeia aprovou a candidatura da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões ao programa europeu Life, que tem como objetivo a implementação de novas metodologias para a prevenção de incêndios florestais na região.

A candidatura, avaliada em 2,4 milhões de euros, engloba uma parceria com o Instituto Politécnico de Viseu e uma série de organizações de Espanha (Junta de Extremadura, a Mancomunidad Integral Sierra de San Pedro, a Universidad de Extremadura).

O secretário executivo da CIM, Nuno Martinho, refere que o projeto vai durar três anos e tem como principal objetivo “implementar técnicas inovadoras de fogo controlado e de silvopastorícia para criar faixas de gestão de combustíveis de forma a compartimentar o espaço rural e, assim, contrariar grandes manchas contínuas que muito contribuem para a intensidade de propagação dos grandes incêndios”. Nuno Martinho disse ainda que “o projeto vai permitir capacitar, na nossa região, 25 técnicos superiores em fogo controlado e 50 operacionais de queima, para além da utilização da pastorícia para a redução da carga combustível dos espaços rurais”.

O projeto inovador para a região de Viseu Dão Lafões vai “permitir alavancar novas abordagens à prevenção dos incêndios florestais e fomentar a cooperação territorial. Por outro lado, é um projeto que vai ao encontro das medidas estabelecidas no Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas”, conclui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *