Carapito,  Região

Teresa Barranha apresentou o seu primeiro livro: Regal, Defesa da Aldeia

Apresentação Regal
Teresa Barranha durante a apresentação de Regal, Defesa da Aldeia.

Teresa Barranha apresentou o seu primeiro livro no passado sábado, 27, no Auditório Municipal de Sernancelhe.

Regal, Defesa da Aldeia é o nome do romance que apresenta uma reflexão sobre a desertificação das aldeias do interior de Portugal, deixando também uma proposta de como poderão vir a ser daqui a meio século.

O livro é uma edição da Chiado Editora, onde a autora dá asas à sua imaginação, servindo-se de muitos dos lugares e pessoas bem conhecidos dos carapitenses.

A apresentação contou com a presença de uma representante da Chiado, Fernando Andrade, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Aguiar da Beira e Carlos Silva Santiago, presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe, para além de um anfiteatro cheio com muitos amigos.

O romance passa-se 2071 numa aldeia fictícia chamada Regal, onde a personagem principal, Luzia, fica esquecida após todos a terem abandonado. A mulher com cerca de cinquenta anos fica esquecida na aldeia, da qual se torna guardiã, até que um dia descobre que já não está sozinha. Que futuro pode ter uma terra que não aparece no mapa?

A autora disse que o livro não pretende ser um alarme social, mas sim um convite à reflexão sobre o tema.

O lançamento do livro esteve englobado na segunda edição do SER + Cultura, organizado pelo município de Sernancelhe.

Regal

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *