Notícias

Portal de Transparência Municipal faz Raio-X de todas as autarquias do país

 

PTM1

O Governo lançou recentemente o Portal de Transparência Municipalque disponibiliza mais de 100 indicadores relativos à gestão dos 308 municípios de Portugal, juntando dados que até agora estavam dispersos em várias bases de dados públicas.

O portal, com um excelente interface, permite avaliar os dados de cada município em separado, mas também comparar diferentes municípios nos mais diversos indicadores, com a maioria dos dados relativos a 2013, mas também alguns anteriores e outros actualizados a 17 de Julho do presente ano.

No que a Aguiar da Beira diz respeito, o portal indica que o município tem um Índice de Transparência Municipal (ITM) de 21, o que o coloca no 266º lugar a nível nacional. O ITM mede o grau de trânsparência das Câmaras Municipais através da análises da informação disponibilizada aos cidadãos nos seus websites, sendo composto por 76 indicadores agrupados em sete dimensões: 1) Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município; 2) Planos e Relatórios; 3) Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos; 4) Relação com a Sociedade; 5) Contratação Pública; 6) Transparência Económico-Financeira; 7) Transparência na área do Urbanismo. Neste aspecto, o município de Aguiar da Beira tem ainda uma margem de melhoria muito significativa.

Já no que toca à gestão financeira, a dívida total do município era de 764.41 euros por habitante em 2013, o que o coloca numa situação relativamente confortável, já que o vizinho Fornos de Algodres apresenta uma dívida total de 6630 euros por habitante, relegando-o para a última posição a nível nacional.

Outros indicadores referem por exemplo que o salário médio era em 2011 de 692.25€/mês e a população desempregada era de 236 indivíduos em Maio deste ano (4.4%). Um dado também ele interessante diz que a população com ensino superior é de 260 indivíduos em 5308 (4.9%).

Muitos outros dados podem ser consultados no portal que se mostra absolutamente essencial.

AgB

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *