Carapito,  Concelho,  Região

Meteorologia: Distritos da Guarda e Viseu em alerta vermelho na noite deste domingo por causa da tempestade Ana

IPMA

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje oito distritos do continente em alerta vermelho, em que a situação meteorológica é de risco extremo. o alerta máximo é para os distritos de Viseu, Guarda, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro, Coimbra e Braga e é válido entre as 19:59 de hoje e a 01:59 de segunda-feira. As rajadas de vento muito forte podem alcançar velocidades superiores a 130 km/h nas terras altas.

IPMA

As previsões para Aguiar da Beira são de ventos com uma velocidade média de 35 km/h e rajadas que podem chegar aos 85 km/h. Em Carapito a velocidade média do vento será de 28 km/h com rajadas que podem chegar aos 76 km/h. A temperatura máxima será de 10º e a mínima de 2º.

Numa nota colocada no site, o IPMA adianta que “a tempestade Ana irá formar-se a noroeste da Península Ibérica durante este domingo, 10 de dezembro, embebida numa região depressionária complexa já existente e que se estende até à Escandinávia.

O território de Portugal Continental irá assim começar a ser afetado já a partir da manhã deste domingo, sendo o período mais crítico entre o final da tarde de domingo e a madrugada de 2ªfeira, com impactos expectáveis devido a ventos fortes, precipitação intensa, queda de neve e forte agitação marítima. Em particular, o vento irá intensificar durante o dia 10, tornando-se forte de sudoeste, com rajadas até 110 km/h, podendo chegar a 130 km/h nas terras altas do Norte e Centro até ao início da manhã de dia 11. Prevê-se precipitação por vezes forte, sendo persistente na região Norte, começando na manhã de dia 10 na região Norte, progredindo para a região Centro durante a tarde, e ao restante território na noite de dia 10 para dia 11, com valores acumulados em 12 horas a variar entre 60 a 90 mm na região Norte, podendo chegar a 120 mm na região do Minho. Prevê-se ainda no dia 11, queda de neve nas terras altas das regiões Norte e Centro, acima de 800/1000 metros, e espessura de neve no solo superior a 5 cm“, explica.

Medidas de prevenção

A Proteção Civil recomenda à população que tome as necessárias medidas de prevenção e adeque os seus comportamentos:

  • Desobstrua os sistemas de escoamento das águas pluviais e de outros objetos suscetíveis de serem arrastados ou que possam criar obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adote uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a acumulação de neve e a formação de lençóis de água nas vias;
  • Evite atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos escondidos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Coloque correntes de neve nas viaturas sempre que se circular nas áreas atingidas pela queda de neve;
  • Garantia a adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
  • Cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, mantendo-se atentos à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento forte;
  • Atenção circulação junto à orla costeira e a zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando, se possível, a circulação e a permanência nestes locais;
  • Não pratique atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar e evitando o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
  • Esteja atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *