Carapito,  Região

IKEA assinou acordo para compra do Parque Eólico do Pisco

A INGKA Holding B.V. (“IKEA Holding”), que em Portugal desenvolve a sua atividade através da sua subsidiária IKEA Portugal, Móveis e Decoração Lda., assinou, no passado dia 3 de janeiro, um acordo para aquisição do Parque Eólico do Pisco, com a empresa que atualmente detém a totalidade das ações representativas do capital social da sociedade, a WINDPARTNERS RENOVÁVEIS, LDA..

A operação encontra-se sob validação da Autoridade da Concorrência, que, segundo comunicou através de aviso no seu site, poderá receber “quaisquer observações de terceiros interessados sobre a operação de concentração em causa”, até à próxima quarta-feira, 17, altura em que decidirá sobre a matéria.

O Parque Eólico do Pisco está em funcionamento há cerca de 1 ano, tem uma capacidade nominal de 50MW e dispõe de 25 turbinas operacionais que produzem anualmente 156 GW/h.

Em comunicado, o Grupo IKEA explicou que, “nos últimos anos, o grupo instalou mais de 11 000 painéis solares fotovoltaicos na cobertura das suas lojas em edifício próprio – IKEA Alfragide, IKEA Matosinhos, IKEA Loures e IKEA Loulé” e que, “com este projeto, 98% da energia produzida pelos painéis solares será incorporada pelas unidades de retalho, representando 25% do total da energia consumida por cada loja“.

Com a aquisição do Parque Eólico do Pisco, o Grupo IKEA dá mais um passo em direção à autossuficiência energética, produzindo tanta energia renovável quanto a consumida pelas suas operações, um compromisso global traçado pela estratégia de sustentabilidade, “Pessoas Positivas, Planeta Positivo”, até 2020”, conclui.

Na próxima semana estaremos atentos à decisão da Autoridade da Concorrência e divulgaremos todos os pormenores do negócio e eventuais alterações aos contratos existentes.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *