Carlos Paixão apresentou o seu 15.º livro: “A Terra do Arco-Íris ou do Arco-da-Velha”

Com a Casa da Cultura de Sátão completamente cheia, Carlos Paixão apresentou na terça-feira, 4 de dezembro, a sua mais recente obra: “A Terra do Arco-Íris ou do Arco-da-Velha”, ilustrada por Carlos Pais.

A sessão de apresentação do último livro de Carlos Paixão contou com uma admirável apresentação da obra por parte da diretora do Agrupamento de Escolas de Sátão, Helena Castro, que dissertou sobre o simbolismo do arco-íris e sobre os mitos que lhe estão adstritos, estabelecendo múltiplas ligações com os textos bíblicos, sobretudo no que se refere ao arco-íris e ao dilúvio.

Logo depois, Carlos Paixão fez o histórico do texto, agora dado à estampa, do seu contexto e dos vários ícones que contém. Debruçou-se sobre o significado das diferentes cores que integram o arco-íris, desde o vermelho até ao violeta e foi tempo de recordar a sua infância, quando, a exemplo de todas as outras crianças da aldeia, corria atrás do arco-íris, na ânsia de o poder tocar. Também aflorou as muitas lendas que este fenómeno da natureza sempre alimentou. No entanto, sublinhou que o principal da mensagem é a aproximação ao outro e que mais belo que o arco-íris das cores será sempre o arco-íris das pessoas de diferentes raças e crenças.

Seguiu-se a visualização de um vídeo, feito pelo ilustrador, que não pôde estar presente, mas deixou uma bela mensagem a quem estava e algumas imagens de momentos relativos à criação das gravuras que ilustram esta obra.

No final, usou da palavra o senhor presidente da câmara de Sátão para enaltecer o valor da obra e agradecer ao autor e ilustrador.

Capa

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] primeira apresentação do livro decorreu em Sátão, localidade onde reside, no dia 4 de […]

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *