País

Acordo Ortográfico passa a ser obrigatório em Portugal?

Print

O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa foi assinado em Lisboa em 1990, resultando da discussão realizada entre Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Este acordo entrou em vigor em Portugal no dia 13 de maio de 2009, tendo havido no entanto um período de transição de 6 anos, que termina precisamente hoje, 13 de maio de 2015.

Em Portugal, a nova grafia é usada desde 1 de janeiro de 2012 nos documentos do Estado, em todos os serviços, organismos e entidades na tutela do Governo, bem como no Diário da República. Agora deverá passar a ser usada por todos.

No Brasil, no entanto, o Acordo Ortográfico só entra em vigor a 1 de janeiro de 2016 e em Angola e Moçambique ainda nem sequer foi ratificado.

Há no entanto quem diga que o acordo não é obrigatório a partir de hoje, mas sim a partir de 22 de setembro de 2016, devido a um atraso de mais de um ano na publicação do decreto presidencial.

Certo é que os alunos deverão começar a pensar em usá-lo regularmente pois tudo indica que passe a ser obrigatório usá-lo já nos próximos exames nacionais.

Para ajudar na aprendizagem o Instituto de Linguística Teórica e Computacional desenvolveu uma ferramenta que pode ser instalada em todos os computadores e que converte o conteúdo de ficheiros de texto para a grafia do novo acordo.

Outra forma bem simples de verificar a correta utilização do novo acordo é usando o corretor ortográfico e sintático online da FLiP, escolhendo a opção “Utilizar Acordo Ortográfico”.

O Caruspinus, que até aqui ainda não tinha adotado o novo acordo ortográfico passará a usá-lo a partir de hoje, pelo que os colaboradores deverão fazê-lo, exceto quando indicarem explicitamente que “o texto não foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico“.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *